História do Cristianismo

História do Cristianismo

 - Fato Baseado em Fé
Você está aqui: Religião >> História do Cristianismo

História do Cristianismo: O Início da Fé
A história do Cristianismo - como foi que tudo começou? O Cristianismo começou há 2000 anos na Judeia (atual Israel) com Jesus Cristo e Seu grupo de discípulos fiéis. Durante este período, a Judeia era uma meca transcultural de cidades e fazendas agitadas. O imperador de Roma era o governante. Os judeus naquela época odiavam o governo romano - era apenas um outro lembrete da opressão histórica que enfrentavam como um povo. As crenças culturais politeístas de Roma também eram pagãs e intrusivas na vida judaica. Alguns judeus perceberam que sua única esperança era se conformar com essa mudança. Outros se tornaram fanáticos religiosos que formaram movimentos guerrilheiros contra Roma. Ainda outros se retiraram ao deserto da Judeia para estudar a lei judaica e aguardar a eventual vinda do seu Messias prometido (salvador).

História do Cristianismo: A Chegada de Jesus Cristo
A história do Cristianismo – Dentro desse ambiente cultural e religioso, o ministério de Jesus começou. Jesus era um judeu. Ele seguia a fé judaica e conhecia muito bem a lei judaica. Com pouco mais de trinta anos, Jesus viajava de povoado em povoado, ensinando nas sinagogas e curando aqueles que estavam sofrendo. O ensinamento de Jesus foi revolucionário. Ele desafiou as pré-estabelecidas autoridades religiosas a se arrependerem de sua auto-justificação e hipocrisia e a reconhecerem que o Reino de Deus é enraizado no serviço e amor. Os ensinamentos de Jesus mexeram com o coração das pessoas e criaram instabilidade, algo a que as autoridades religiosas judaicas muito temiam. Logo, um fiel grupo de homens começaram a seguir Jesus e chamá-lo de mestre. Esses homens tornaram-se Seus discípulos. Jesus ensinou seus discípulos sobre a vontade de Deus e sobre a "nova aliança" que Deus traria à humanidade por meio dEle. Jesus ajudou-lhes a ver que a humanidade estava acorrentada à dor e à futilidade da vida como resultado do pecado. Devido ao pecado, a humanidade perdeu o seu relacionamento com Deus. O objetivo desta "nova aliança" era restaurar aqueles que a aceitaram a uma comunhão renovada do perdão e do amor com Deus. O que é essa nova aliança? O próprio Jesus pagaria pelos pecados de toda a humanidade ao ser injustamente crucificado em uma cruz romana. Três dias depois, Ele ressuscitaria à vida, tendo vencido a morte, para dar esperança a um mundo sem esperança. Bem, aconteceu exatamente como Jesus ensinou, e seus discípulos foram testemunhas de um milagre surpreendente. Seu mestre, Jesus de Nazaré, morreu e três dias depois ressuscitou para tornar-se o Messias. Compelidos pela grande comissão de compartilhar o amor que o Deus do universo tinha transmitido a eles, os discípulos começaram a proclamar esse evangelho da esperança por todo o território. Assim, a partir de um pequeno grupo de homens comuns que viveram em uma pequena província da Judeia há 2000 anos, a história da Igreja Cristã começou, e a Fé Cristã tem desde então se espalhado ao resto do mundo. Sua mensagem do evangelho foi simples: "Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

História do Cristianismo: Predito por Profecia Embora a maioria dos registros históricos do início da fé Cristã sejam registrados nas narrativas do Novo Testamento, a história do Cristianismo na verdade começou com profecia no Antigo Testamento. Existem mais de 300 profecias (previsões) que se estendem ao longo de um período de 1.000 anos e que estão registradas no Antigo Testamento sobre a vinda de um Messias judeu. Um estudo da vida, morte e ambiente de Jesus mostrará que Ele sem quaisquer dúvidas foi o cumprimento destas profecias messiânicas. Assim, mesmo muito antes de Jesus ter caminhado sobre a terra, Sua missão foi apresentada à humanidade através da Palavra de Deus. História do Cristianismo: Uma Fé Baseada em Fatos Históricos História do Cristianismo – será que tudo realmente aconteceu? À primeira vista, a origem da história do Cristianismo pode parecer como nada mais do que um conto de fadas. Muitos acham que seja simplesmente inverossímil demais, e até intelectualmente desonesto, que as pessoas do século 21 acreditem que esses eventos realmente ocorreram. No entanto, a fé Cristã, ao contrário de qualquer outra religião, baseia-se em eventos históricos, incluindo um de importância fundamental. Se Jesus Cristo tivesse morrido e nunca ressuscitado à vida, então o Cristianismo seria um mito ou uma fraude. Em 1 Coríntios 15:14, Paulo exorta os seus leitores a se agarrarem a essa verdade fundamental: "E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé". A evidência para a ressurreição é a chave para estabelecer que Jesus é de fato quem diz ser. É a validade histórica desse fato central que dá aos Cristãos esperança eterna e genuína em meio a um mundo ferido.

Saiba mais agora!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Por que a fé cristã?

Cristianismo
Fé Cristã
História da Igreja
Início do Cristianismo
História do Cristianismo
Igreja Cristã
Conteúdo adicional ...

Deus existe cientificamente?
Deus existe filosoficamente?
A Bíblia é a verdade?
Quem é Deus?
Jesus é Deus?
Cresça com Deus
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add História do Cristianismo to My Google!
Add História do Cristianismo to My Yahoo!
XML Feed: História do Cristianismo
Religião Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutReligion.org, Todos os direitos reservados.